Parque Estadual do Jalapão Tem o Primeiro Posto Avançado do CBMTO, Específico no Combate Aos Incêndios Florestais do Estado

Jalapão

Por Raychelly Rodrigues 12/08/2019 - 07:43 hs
Foto: http://www.tocnoticias.com.br

Atuação contará com caminhão importado da Itália, próprio para o trabalho com incêndios florestais.

As ações de prevenção e combate aos incêndios florestais no Parque Estadual do Jalapão ganharam um reforço de peso: a instalação primeiro do Posto Avançado do Corpo de Bombeiros Militares, e junto um caminhão italiano construído para a atuação em áreas hostis, com estradas precárias e mato em chamas. A cerimônia coroando a nova etapa para a região ocorreu na manhã desta sexta-feira, 09, na cidade de São Félix do Jalapão, um dos portais de entrada no Parque.

São Félix do Jalapão estava sediando as discussões do Plano Pluri Anual (PPA), quando o governador Mauro Carlesse e o Coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante do CBMTO, fizeram o anúncio do benefício para a região. Diversas autoridades locais e regionais estavam presentes.

A nova estrutura do Posto Avançado tem base fixa em Mateiros. Lá vão ficar as equipes e o Auto Bomba Tanque Florestais (ABTF), um dos três adquiridos pelo governo do Tocantins. O veículo custou cerca de R$ 1,6 milhão e é super equipado para ações pesadas.

"O trabalho do Corpo de Bombeiros Militar no Parque Estadual será realizado em parceria com o Naturatins, Polícia Militar Ambiental e as Brigadas Municipais de Combate a Incêndios Florestais. Cada um tem muita importância nesse processo e a atuação será na prevenção, conscientização, monitoramento, combate e repressão aos crimes ambientais", assegurou o comandante.

Perfil

Foto DivulgaçãoO ABTF disponibilizado para o Posto Avançado tem tração 4x4 e conta com um tanque para três mil litros de água. Um dos principais diferenciais é sua capacidade de acessar terrenos hostis, até mesmo com fogo, pois é dotado de um sistema em que ele mesmo lança água sobre sua estrutura. Seja por cima da cabine, em cima da carroceria ou mesmo por baixo, nas rodas e cabeamentos aparentes.

Além disso, o ABTF tem jato de grande pressão sobre a carroceria, que pode ser operado por um bombeiro de forma manual, ou pode acionado por controle remoto, de dentro ou de fora da cabine, conforme a necessidade da equipe. A cabine tem espaço para seis pessoas sentadas.